Anúncio 1

Últimos Posts

No NetFlix:Beastars(2019-?)

Do premiado mangá para o anime que é sim um senhor convite para muitos refletirem sobre violência, ego, superego, id, amizade, sexualidade, sociedade e outras coisas chega ao NetFlix com grande sucesso. Confira mais detalhes, sem spoilers, na crítica abaixo

Uma curiosa jornada de autoconhecimento do personagem e público



Nota IMDb: 8,2 (até o dia da postagem) (IMDb)
Criadora:  Paru Itagaki(que curiosamente sempre esta com uma fantasia de galinha nas fotos... Simples assim :))
Estrelas: Chikahiro Kobauashi(como Legoshi), Sayaka Senbongi(como Haru) , Yuki Ono(como Louis), entre outras estrelas
Crítica: dissonantbr

Sabe aquela "brincadeira" de perguntar "se você fosse um animal, qual você seria?". Em parte bem explorado no Zootopia, essa obra vai muito mais além.

Obras japonesas costumam ser bem únicas. O sistema japonês de sociedade tem características bem marcantes, porém mesmo assim geram obras universais maravilhosas. E esse anime que conta a história de um jovem lobo em uma sociedade onde herbívoros e carnívoros convivem em aparente equilíbrio surpreende em vários aspectos.

O chamado "Complexo de Besta"(que era o nome da primeira versão dessa obra) nasce justamente do conflito do gentil lobo Legoshi com seus instintos, culminando em uma noite que acaba conhecendo uma coelha chamada Haru em circunstâncias que acabam definindo a vida deles.

Não é uma série infantil definitivamente, sendo desafiadora em alguns momentos no belamente elaborado conjunto de alegorias e metáforas. A construção de alguns personagens, como o elegante Louis, uma rena que em muitas culturas simboliza virilidade, tem os perigosos galhos em sua cabeça que usa como arma de defesa, contudo é um herbívoro acostumado a lidar com carnívoros. A própria relação de presa e predador vaza não só em relação de poder, mas também sobre a sexualidade. Aliás é aí que brilha o desenvolvimento de Haru, por exemplo.

Resumindo, em seus excelentes 12 capítulos dessa primeira temporada, que está coincidindo com o ponto onde o mangá está na distribuição brasileira, temos uma fascinante reflexão sobre individuo vs sociedade, sexualidade(tóxica e não), muito além do filme Zootopia, sendo uma obra que eu queria ter visto aos meus 16 anos! Recomendadíssimo, não só pela animação(com excelentes momentos 3D), mas principalmente pela história. 

E já tem confirmada a segunda temporada!

Lembrando que você pode nos acompanhar no FaceBook em https://www.facebook.com/MexidoDigital ou no twitter com @mexidodigital (https://www.twitter.com/MexidoDigital)

Nenhum comentário