Anúncio 1

Últimos Posts

Série da Vez:Watchmen - Primeira Temporada(2019-?)

Finalizada a primeira temporada e com uma grande dúvida se haverá uma segunda, será que vale a pena conhecer essa série tão complexa? Confira se sim e outros detalhes, na crítica abaixo sem spoilers

Haters gonna hate


Nota IMDb: 8,0 (até o dia da postagem) (IMDb)
Criadores:  Damon Lindelof(que desafiou Alan Moore(que dizem que é bruxo), mas já tinha experiencia em coisas pesadas já que ajudou a escrever o complicado Lost, The Leftovers e o novo Star Trek(2009))
Estrelas: Regina King(como a freira que chuta bundas Night Sister), Tim Blake(como o esforçado Looking Glass), Jeremy Irons(como Adrian Veidt(entendedores entenderam...:P)), Louis Gossett Jr(como o velhinho com maior mobilidade que eu já vi...Will Reeves),Jean Smart(como a entediada Laurie Blake...que precisa de terapia, coitada), entre outras estrelas
Crítica: dissonantbr


Terminada a primeira temporada, não é difícil entender a reação de Damon Lindelof que de tão estressado, cansado, mas segundo o mesmo, realizado, não quer saber de um segunda temporada nem tão cedo. A verdade é que ironicamente Watchmen não é um seriado comum. Aliás nem sabemos se vai virar de fato seriado já que a HBO está avaliando se além das boas críticas, o público se interessou.

O fato é que a expansão que também é um releitura do legado dos quadrinhos e considerada como uma das obras mais importantes do século XX segundo a BBC, aos trancos e barrancos, conseguiu em um enredo principal que é a continuação dos eventos relatados tanto nos quadrinhos como no famoso filme de mesmo nome, porém atualizando com interessantes paralelos para o nosso mundo. Em extremos, tanto liberais como fascistas mesmo(okey, eu sei que a palavra está bem desgastada, mas aqui serve sim), vemos um mundo em medo constante e sob a nova ameaça da chamada Sétima Cavalaria, que ironicamente tem como base o diário de Roschach, planeja algo que promete mudar o equilíbrio de forças para sempre.

Talvez a grande pergunta do público é se vale investir o tempo em uma série que pode ou não continuar e adianto que sim. Sim pelo universo rico, complexo, multifacetado e, sim, faz jus mexer em um clássico que repousava há muito tempo. Sim porque também reflete sobre intolerância, poder, manipulação e medo. E sim, porque a história ainda merecia uma continuação. Então, resumindo, vale sim mesmo tendo o risco de ficar só na primeira temporada. A segunda é se a pessoa tem que ter lido ou visto o filme, e adianto que melhora e em muito a experiência, mas não incapacita de compreender a história.

É irônica a decisão da HBO de repensar porque ainda que no oitavo e último episódio 1,5 milhão de telespectadores assistiram nos EUA, sendo que 900 mil ao vivo. Talvez os custos, metas ou alguma ideia que vem de produtores podem ganhar a preferencia, mas mesmo assim valeu a pena o risco. Quem sabe com os novos projetos da Amazon, a Apple que ainda está patinando e de repente faz um gol, ou a NetFlix que só cancela séries, todas essas, juntas, possam trazer boas histórias que façam diferença no mundo. E particularmente, com todos os problemas e confusões, essa temporada trouxe sim um bom motivo para vir aqui. Tomara que tenha, se for o caso, uma boa continuação. Disponível na HBO.

Lembrando que você pode nos acompanhar no FaceBook em https://www.facebook.com/MexidoDigital ou no twitter com @mexidodigital (https://www.twitter.com/MexidoDigital)

Nenhum comentário