Anúncio 1

Últimos Posts

Eu faria assim: Filme de monstro - Parte 9 (Final)


Enquanto corre para chegar até  o local da armadilha que acabou de engolir o monstro e seu pai, John é atormentado com o pensamento de que Kiam está morto. Agora que ele finalmente se reaproximou de seu pai, a ideia de perdê-lo é algo que o perturba profundamente durante o trajeto até o buraco. O silêncio e a falta de uma resposta de seu pai só aumentam o suspense.

Ao chegar no local, John é surpreendido com a imagem de seu pai intacto por sobre o cadáver do monstro que foi perfurado pelas estacas da armadilha. Kiam abre os olhos vagarosamente e enxerga seu filho em prantos do lado de fora do buraco. Após se levantar com grande dificuldade, ele é ajudado por John a sair da armadilha e é recepcionado com um grande e caloroso abraço de seu filho que, após grandes suspiros de alívio, fala:
- Que bom saber que você está vivo, pai. Você salvou minha vida.

Kiam se emociona com o carinho de seu filho, que finalmente voltou a chamá-lo de pai, e responde:
- Nós conseguimos, filho. Nós conseguimos.

Os dois continuam juntos por alguns minutos, celebrando a dura vitória sobre o misterioso e feroz monstro que os atacou. Apesar de feridos, os dois conseguiram sobreviver e, além de derrotarem a criatura juntos, restabeleceram o vínculo de paternidade que havia sido quebrado. Esta experiência ecoará pelo resto da vida deles como prova de que, juntos, eles podem superar qualquer desafio.

Após descansarem durante a noite e cobrirem seus ferimentos, eles partem no dia seguinte em busca de socorro. Depois de caminharem com dificuldade por horas, finalmente avistam um grupo de alpinistas que os ajuda a retornar até o vilarejo, onde recebem alimento e tratamento médico adequado.

A princípio, a história fantástica deles causa espanto e descrença, mas um grupo de resgate consegue achar o acampamento e recuperar o corpo da criatura que foi morta por eles, provando a verdade dos fatos. Um grande  alvoroço é causado com a descoberta, abalando a comunidade científica e tomando as manchetes dos jornais e da televisão.

Apesar de ficarem famosos após o ocorrido, Kiam e John conseguem voltar para a sua rotina. A diferença é que agora eles estão mais próximos e dividem as alegrias e tristezas de seu caminhar diário.

Estudos dos cientistas na criatura comprovam que se trata de uma nova espécie e seu DNA tem semelhança com o material genético de um urso polar que havia sido declarado como extinto por mais de 60 mil anos. Segundo os estudiosos, uma pequena população conseguiu sobrevier de maneira isolada e evoluiu até tomar a forma da criatura que atacou Kiam e John. A questão óbvia levantada por todos e que permanece sem resposta é: quantas criaturas como essa ainda estão vivas e apenas aguardando a chance para atacar novamente?

Cena pós créditos:

O vento forte e frio ecoa na montanha gelada que é fustigada por uma nevasca. Ainda assim é possível ver uma pequena entrada que leva a uma caverna escondida dos olhos menos atentos. Lá dentro, o ambiente está silencioso e com temperatura amena. A pouca luz que adentra a caverna vai relevando aos poucos a silhueta de uma criatura que está deitada, aparentemente dormindo. Ao lado de seu corpo, dois filhotes se aninham para buscar mais conforto. De repente, os olhos da fêmea se abrem e ela emite um rugido agudo e demorado que ecoa pela caverna e se dissipa na imensidão da montanha, desapercebido na solidão daquele ambiente inóspito e selvagem.

Nenhum comentário