Anúncio 1

Últimos Posts

Eu faria assim: Filme de monstro - Parte 8


John reúne forças e consegue se levantar antes que o monstro o alcance. Ele começa a correr em direção ao acampamento para tentar atrair a criatura até a armadilha. O monstro também acelera o passo e corre usando suas quatro patas para alcançar John. O jovem contorna a armadilha e para antes da fogueira, se voltando para a criatura que se aproxima. Mas, antes de pisar na armadilha, o monstro dá um salto e aterriza diante de um aterrorizado John. 

Ele então se abaixa e pega um pedaço de madeira da fogueira e ameaça a criatura com a ponta ainda em chamas. O monstro dá um rugido e acerta uma patada na mão de John, que dá um grito e larga a madeira, segurando a mão ensaguentada depois do ataque e vendo suas chances de sobrevivência se esvaírem juntamente com o sangue que mancha a neve. O monstro então fica sobre duas patas e se prepara para o golpe mortal sobre a vítima indefesa.

De repente, um grito ecoa na escuridão da noite e revela a figura de Kiam chegando ao acampamento para ajudar seu filho. Ele chama a atenção da criatura e de John, que fica chocado ao saber que seu pai ainda está vivo e o vê mancando com o braço esquerdo machucado e usando a lança com a mão direita como apoio para andar. O monstro parece aceitar o desafio de combate e se vira deixando John para trás e avançando para atacar Kiam. 

A criatura dispara sobre quatro patas e, quando está próxima, salta para cair sobre sua vítima. Em uma manobra ágil, Kiam posiciona a lança apoiada ao chão, firmando-a com o pé direito e mirando na direção do monstro, que aterriza sobre ela e tem seu corpo atravessado enquanto emite um rugido agudo e ensurdecedor. A criatura cai atrás de Kiam com a lança varando seu corpo. Ela ainda se debate bastante antes de ficar imóvel e emitindo sons fracos que denunciam sua derrota. 

Kiam está caído na neve e John corre para socorrer o pai. Ele o ajuda a se levantar e o conduz vagarosamente de volta ao acampamento. No caminho, ele diz:
- Você está bem?

Seu pai nem tem chance de responder, pois logo em seguida os dois escutam um barulho vindo de trás e se viram para constatar que o monstro ainda continua vivo e se aproxima para continuar seu ataque, mesmo com a lança que atravessa seu corpo. Kiam percebe a proximidade com a armadilha e afasta seu filho com a mão enquanto se posiciona sobre a armadilha, chamando a atenção do monstro e gritando para John:
- Corra!

John obedece seu pai e começa a correr. Quando percebe que não está sendo seguido pela criatura e que está a uma distância segura, ele se vira e vê seu pai sobre a armadilha e o monstro que se aproxima dele. A criatura ainda consegue reunir forças para um último ataque e se joga sobre o pai de John. Kiam tenta pular para sair de cima da armadilha, mas não consegue impulso suficiente e cai na neve. O monstro aterriza sobre a armadilha, que racha e quebra sob seu peso. Mas, antes de cair, ele ainda consegue agarrar um dos pés de Kiam e o puxa para cair também dentro do buraco.

John se desespera ao ver seu pai tentando sem sucesso se segurar em alguma coisa e depois caindo dentro da armadilha junto com o monstro. Um barulho de galhos se quebrando é seguido de um rugido horrendo da criatura e um grito abafado de Kiam. Os olhos de John se enchem de lágrimas e ele corre em direção ao buraco gritando:
- Pai!!!

Nenhum comentário